AgrícolasAgrícolas

Como comprar e vender Dólar na Bolsa de Mercadorias e Futuros

17 de maio de 2018 às 12:17 Por Postado em Agrícolas, Blog do Felipe

Nos últimos artigos falamos sobre negociações de commodities na Bolsa de Mercadorias e Futuros. Agora vamos saber mais sobre a negociação DÓLAR NA BOLSA.

Graças ao ajuste diário e margem de garantia, podemos estar posicionados na compra, onde ganhamos dinheiro com a alta da cotação quanto na venda, e onde ganhamos com a queda da cotação do ativo. Sempre lembrando que as negociações de dólar na Bolsa são operações somente financeiras para nos “protegermos” das oscilações dos preços.

O primeiro passo é abrir uma conta em uma corretora para que possa ter acesso ao home broker, onde o investidor fica interligado diretamente na Bolsa de Mercadorias e Futuros.

Na bolsa, cada ativo a ser negociado possui um código de negociação, além de ser negociados em contratos. No caso do dólar, o código de negociação é o WDO (Mini Dólar). O contrato de dólar foi desenvolvido com o objetivo de ser uma ferramenta para gestão de risco de oscilação de preço, sendo utilizadas pelos participantes do mercado, como importadores, exportadores, tradings, dentre outros players do mercado.

O contrato de dólar é um dos mais negociados na Bolsa de Valores B3, o ativo subjacente é a taxa de câmbio de reais por dólar dos Estados Unidos da América, a principal moeda do mundo.

 

OBJETO DA NEGOCIAÇÃO

Taxa de câmbio de Reais por Dólar Comercial, transação PTAX800, cotação de venda apurada e divulgada pelo Banco Central do Brasil;

 

Código de Negociação: WDO (MINI DOLAR)

Tamanho do contrato: US$ 10.000,00 (10 mil dólares);

Cotação: Reais por US$ 1.000,00 com uma casa decimal;

Lote padrão: 1 contrato;

Data de Vencimento: Primeiro dia útil do mês de vencimento do contrato;

Meses de vencimento: Todos os meses

Cálculo para ajuste diário: Cada centavo é 100,00 de oscilação por contrato;

Horários de negociação: 09:00 hrs até as 17:55 hrs. – Segunda a sexta

 

RESUMO

Características:

– O preço do dólar é cotado em reais por 1.000 pontos. Exemplo: se o dólar está em R$ 3.200 – significa que cada dólar esta valendo R$ 3,20.

– cada contrato futuro de mini dólar é composto por US$ 10.000,00

– Vencimentos todos os meses do ano

– Código do Dólar é WDO + mês de vencimento + ano. Exemplo: WDOU18 (Dólar com vencimento em setembro de 2018).

 

VANTAGENS:

– Protege os exportadores e importadores contra oscilações indesejadas de preço (hedge);

– Possibilita alavancagem de posição;

– Transparência de preço nas negociações de plataforma eletrônica;

-Tende a respeitar os pontos gráficos;

– Fundamentos relacionados ao dia a dia do ativo.

 

Para abrir conta e ter acesso ao Home Broker, é só acessar o link abaixo.  Após a abertura de conta, um assessor entrará em contato para auxilia-lo da melhor forma.

CLIQUE AQUI PARA TER ACESSO AO HOME BROKER

Como comprar e vender Café na Bolsa de Mercadorias e Futuros

19 de abril de 2018 às 16:59 Por Postado em Agrícolas, Blog do Felipe

Nos últimos artigos falamos sobre negociações de boi gordo, milho e soja no mercado futuro de commodities. Agora vamos saber mais sobre a negociação de café na Bolsa de Mercadorias e Futuros.

Graças ao ajuste diário e margem de garantia, podemos estar posicionados na compra, onde ganhamos dinheiro com a alta da cotação quanto na venda, onde ganhamos com a queda da cotação do ativo. Sempre lembrando que as negociações de café na Bolsa são operações somente financeiras para se “protegermos” das oscilações dos preços

O primeiro passo é abrir uma conta em uma corretora para que possa ter acesso ao home broker, onde o investidor fica interligado diretamente na Bolsa de Mercadorias e Futuros.

Na bolsa, cada ativo a ser negociado possui um código de negociação, além de ser negociados em contratos. No caso do café, o código de negociação é o ICF. O contrato de café foi desenvolvido com o objetivo de ser uma ferramenta para gestão de risco de oscilação de preço, sendo utilizadas pelos participantes do mercado, como o produtor, a indústria, tradings, dentre outros players do mercado.

 

O PRODUTO:

O café é uma das principais commodities do país devido ao fato do Brasil ser um dos maiores produtores de café do mundo, sendo um player importante para essa commodity. O contrato foi desenvolvido com o objetivo de ser uma ferramenta para a gestão de oscilação do preço, sendo utilizados pelos participantes do mercado, como: produtor, tradings, dentre outros.

OBJETO DE NEGOCIAÇÃO:

Café cru, em grão, de produção brasileira, coffea arábica, tipo 4-25, bebida dura ou melhor, para entrega no município de São Paulo – SP – Brasil

 

Código de Negociação: ICF

Tamanho do contrato: 1 contrato equivale a 100 sacas de café – 60kg

Cotação: Dólares por saca;

Lote padrão: 1 contrato;

Data de Vencimento: sexto dia útil anterior ao último dia útil do mês de vencimento;

Meses de vencimento: Março, maio, julho, setembro e dezembro;

Cálculo para ajuste diário: Cotação x 100 x Número de contratos x Dólar do dia

Horários de negociação: 09:00 hrs até 16:20 hrs – 17:05 até as 18:00 hrs (after Market)

 

RESUMO

Características:

– O preço do café é cotado por saca;

– Cada contrato futuro de café é composto por 100 sacas;

– Vencimentos nos meses de março (H), maio (K), julho (N), setembro (U), dezembro (Z);

Código do café é ICF + mês de vencimento + ano. Exemplo: ICFH18 (café com vencimento em Março de 2018).

 

Vantagens:

– Protege o produtor contra oscilações indesejadas de preço (hedge);

– Possibilita alavancagem de posição;

– Transparência de preço nas negociações de plataforma eletrônica;

– Tende a respeitar os pontos gráficos;

– Fundamentos relacionados ao dia a dia do ativo.

– Brasil é o maior produtor do mundo, estando os fundamentos mais próximos.

 

Para abrir conta e ter acesso ao Home Broker, é só acessar o link abaixo.  Após a abertura de conta, um assessor entrará em contato para auxilia-lo da melhor forma.

CLIQUE AQUI PARA TER ACESSO AO HOME BROKER

Como comprar e vender Boi Gordo na Bolsa de Mercadorias e Futuros

01 de março de 2018 às 19:50 Por Postado em Agrícolas, Blog do Felipe

Nos últimos artigos falamos sobre negociações de soja e milho no mercado futuro de commodities. Agora vamos saber mais sobre a negociação de boi gordo na Bolsa de Mercadorias e Futuros.

Graças ao ajuste diário e margem de garantia, podemos estar posicionados na compra, onde ganhamos dinheiro com a alta da cotação quanto na venda, onde ganhamos com a queda da cotação do ativo. Sempre lembrando que as negociações de boi gordo na Bolsa são operações somente financeiras, não tendo entrega física no vencimento.

O primeiro passo é abrir uma conta em uma corretora para que possa ter acesso ao home broker, onde o investidor fica interligado diretamente na Bolsa de Mercadorias e Futuros.

Na bolsa, cada ativo a ser negociado possui um código de negociação (artigo dos códigos), além de ser negociados em contratos. No caso do milho, o código de negociação é o CCM. O contrato de milho foi desenvolvido com o objetivo de ser uma ferramenta para gestão de risco de oscilação de preço, sendo utilizadas pelos participantes do mercado, como o produtor, a indústria, tradings, dentre outros players do mercado.

O PRODUTO:

O Boi gordo é uma das principais commodities do país devido ao fato do Brasil ser um dos maiores exportadores de carne bovina do mundo. O contrato foi desenvolvido com o objetivo de ser uma ferramenta  para a gestão de oscilação do preço, sendo utilizado pelos participantes do mercado, como o produtor, empresas de corte, tradings, dentre outros.

Objeto de negociação: Bovinos machos com 16 arrobas líquidas ou mais de carcaça e idade máxima de 42 meses.

Código de Negociação: BGI

Tamanho do contrato: 1 contrato equivale a 330 arrobas líquidas;

Cotação: Reais por saca;

Lote padrão: 1 contrato;

Data de Vencimento: Ultima sessão de negociação do mês de vencimento do contrato

Meses de vencimento: Todos os meses

Cálculo para ajuste diário: Cotação x 330 x Número de contratos

Horários de negociação: 09:00 hrs até 16:20 hrs – 17:05 até as 18:00 hrs (after Market)

 

RESUMO

Características:

– O preço do boi é cotado por arroba;

– Cada contrato futuro de boi é composto por 330 arrobas;

– Vencimentos todos os meses do ano;

Código do Boi Gordo é BGI + mês de vencimento + ano. Exemplo: BGIH18 (Boi Gordo com vencimento em Março de 2018).

Vantagens:

– Protege o produtor contra oscilações indesejadas de preço (hedge);

– Possibilita alavancagem de posição;

– Transparência de preço nas negociações de plataforma eletrônica;

-Tende a respeitar os pontos gráficos;

– Tende a seguir longas tendências;

– Fundamentos relacionados ao dia a dia do ativo.

 Para abrir conta e ter acesso ao Home Broker, é só acessar o link abaixo.  Após a abertura de conta, um assessor entrará em contato para auxilia-lo da melhor forma.

https://cadastro.xpi.com.br/passo/assessor/step1?assessor=A65006

 


Exportações Brasileiras Semanais – 3ª semana de Fevereiro (10 dias úteis)

20 de fevereiro de 2018 às 13:41 Por Postado em Agrícolas, Relatórios

A Central do Investidor traz esta semana divulgamos o Relatório Exportações Brasileiras, referente a 3ª semana de Fevereiro de 2018 (10 dias úteis). Veja abaixo o resumo dos resultados e baixe o relatório completo.

Carne Bovina: ACUM:  57,6 KT // PROJ:  103,69 KT // MOM: 4,2% // YOY: 31,1%

Carne Suína: ACUM:  18,72 KT // PROJ:  33,69 KT // MOM: -25,6% // YOY: -23,6%

Carne de Frango: ACUM:  162 KT // PROJ:  291,6 KT // MOM: -4,5% // YOY: -3,1%

Milho: ACUM:  914,23 KT // PROJ:  1645,62 KT // MOM: -45,5% // YOY: 237,6%

Soja: ACUM:  1139,56 KT // PROJ:  2051,2 KT // MOM: 31,2% // YOY: -41,6%

Café: ACUM:  1212,33 KSC // PROJ:  2182,2 KSC // MOM: -16,7% // YOY: -5,5%

Etanol: ACUM:  15,82 KKL // PROJ:  28,48 KKL // MOM: -76,5% // YOY: -52,8%

Açúcar em Bruto: ACUM:  649,09 KT // PROJ:  1168,36 KT // MOM: -8,1% // YOY: -24,2%

BAIXE O MATERIAL COMPLETO AQUI.

Como comprar e vender soja na Bolsa de Mercadorias e Futuros

Fonte: Notícias Agrícolas.

LEIA TAMBÉM

Brasil Pode Puxar a Recuperação das Commodities, diz direto do Banco Mundial >> 

Margem de Garantia: o grande diferencial do Mercado Futuro >>

Soja Opera com leves baixas em Chicago nesta sexta-feira >>

Deral Eleva Previsão de Área Plantada de Soja em 2018 e Reduz a de milho >>

Negociando opções de Soja como seguro para proteção do preço

02 de janeiro de 2018 às 19:15 Por Postado em Agrícolas

Vimos ao longo dos artigos como funciona a negociação de grãos na Bolsa. Ajuste diário, margem de garantia, como negociar soja na Bolsa. Agora veremos como funciona o mercado de opções de Soja na ótica da proteção como se fosse um seguro contra oscilação de preço.

Continue lendo

Como comprar e vender milho na Bolsa de Valores

18 de dezembro de 2017 às 18:25 Por Postado em Agrícolas

Nos últimos artigos falamos sobre algumas regras do mercado futuro de commodities como Margem de Garantia e o Ajuste Diário. Agora vamos mais a fundo, entrando em detalhes de como se negocia contratos de Milho na Bolsa de Mercadorias e Futuros.

Graças ao ajuste diário e margem de garantia, podemos estar posicionados na compra, onde ganhamos dinheiro com a alta da cotação, quanto na venda, onde ganhamos

Continue lendo