Posts tagged "política"

O Ibovespa e as Eleições: comportamento do índice desde o Plano Real.

janeiro 2nd, 2018 Posted by Central do Investidor 0 comments on “O Ibovespa e as Eleições: comportamento do índice desde o Plano Real.”

Historicamente as eleições presidenciais no Brasil sempre foram períodos mais voláteis. A democracia no Brasil é algo bastante novo, de 1989, e mesmo nesse período, já vivemos dois impeachments, governantes de orientações distintas, booms econômicos motivados por superciclos de crescimento globais, crises, resquícios de hiperinflação, trocas de moedas, topos históricos e diversas oportunidades de investimentos para investidores que têm paciência e estômago para suportar tantos altos e baixos no mercado.

Em 2018 passaremos por mais uma eleição presidencial (mais…)

Depois de subir mais de 20% em 2017, o Ibovespa está caro ou barato?

dezembro 6th, 2017 Posted by Central do Investidor 0 comments on “Depois de subir mais de 20% em 2017, o Ibovespa está caro ou barato?”

O Ibovespa já subiu mais de 20% em 2017, e uma pergunta que muitos fazem, “O Ibovespa está barato? Vale a pena comprar bolsa agora?”. Como forma de visualizar e conseguir identificar se de fato nosso mercado está caro ou não e porque, buscam-se alguns indicadores, tais como Preço/Lucro do mercado, o valor do Ibovespa visualizado em dólar, e outras perspectivas que podemos traçar para 2018, que mesmo sendo um ano com aparência de agitado, são esses momentos que se abrem oportunidades bastante interessantes. (mais…)

O que esperar em 2018? (e como se preparar para o que pode vir)

novembro 28th, 2017 Posted by Central do Investidor 0 comments on “O que esperar em 2018? (e como se preparar para o que pode vir)”

Final de 2017, um ano bastante turbulento e recheado de acontecimentos, de reformas trabalhistas, ensaios de reforma política e previdenciária, escândalos sem fim de corrupção, um potencial sinal de saída da maior crise já vivida pelo Brasil, menos de um ano da eleição mais agitada desde a implantação da democracia, ainda jovem, no Brasil, dentre outras surpresas que prometem agitar o mercado nos próximos 12-18 meses. (mais…)