Burger King pode abocanhar o Bitcoin?

Whoppercoins: Na onda das Moedas Digitais, Burguer King pode abocanhar Bitcoin?
As moedas digitais têm sido assunto constante em 2017. Liderado pelo Bitcoin a mais famosa de todas, vêm criando uma expectativa de altos retornos em pouco tempo.
Com inúmeros debates sobre o tema, um novo horizonte é criado. Uma moeda independente, sem o controle de um banco central, com a emissão limitada pode sim ser o futuro da moeda mundial.
Se esta é uma tendência porque não migrar boa parte dos investimentos em Bitcoin?
Muitos se lembraram de algumas tendências de mercado que surgiram há décadas e ainda não se concretizaram. Ou a tecnologia avançou e evoluiu rapidamente tornando a inovação obsoleta. Como o carro a energia solar, que até hoje não é uma realidade para o consumidor. Ou o aparelho de DVD que foi revolucionário substituindo o vídeo cassete?
Mas este não é apontado como principal causa da volatilidade do Bitcoin. O surgimento de concorrentes é a principal causa da instabilidade deste mercado.
Com uma baixa aceitação de moedas digitais para compra de produtos, o fundo 3G Capital, que tem o brasileiro Jorge Paulo Lemann como principal nome, pode ter saído na frente nesta corrida!
O Burguer King anunciou há pouco tempo o lançamento da sua própria moeda, a Whoppercoin!
No inicio a moeda parece um programa de fidelidade. Quem consumir um Burguer King (a rede brasileira ainda não participa) vai ganhar algumas Whoppercoin, que poderá ser trocada por produtos no próprio Burguer King.

Gigante do Fast-Food

O Burguer King é uma gigante mundial no seguimento de fast–foods. Em 2011, a 3G Capital comprou a rede Burger King por US$ 3,26 bilhões. Incluindo a dívida que a 3G assumiu, o valor do negócio subiu para US$ 4 bilhões.
Três anos depois, a Burger King adquiriu a canadense Tim Hortons, rede de cafés e donuts. A fusão criou uma empresa com receitas anuais estimadas de US$ 23 bilhões e 18 mil restaurantes em 100 países.
Mas um grupo empresarial que é dono das marcas AB InBev (quase um monopólio mundial da cerveja), Burguer King, Lojas Americanas, Submarino e Heinz Company, poderia acabar com o problema de aceitação da moeda virtual se estendesse para todos seus produtos.
Ou alguém acreditaria que um grupo de tamanho porte criaria uma moeda digital apenas para substituir o selo que você recorta da embalagem para acumular pontos?
Afinal você conhece alguém que nunca consumiu algum produto do grupo? Se falar que sim é por que provavelmente não conhece todas as marcas que ele representa.
A concorrência para um novo mercado está aberta e a Whoppercoin podem vir com força, isso só prova que estamos muito longe de definir como será está futuro das moedas digitais.

VEJA TAMBÉM:

Magazine Luiza bate bitcoin em valorização →
Bitcoin é um investimento? →
Podcast: Bitcoin →

Artigos relacionados