CFA

Entenda o que é o  CFA

Se você chegou agora no mundo dos investimentos provavelmente ainda não deve saber o que significa essas siglas CFA e CFP. Elas são certificações do mercado financeiro, venha entender cada uma delas:

CFA

Essa certificação é muito desejada pelos analistas financeiros e ela vem de Chartered Financial Analyst, é a credencial mais reconhecida e completa no universo das finanças e dos investimentos. Ela habilita o profissional para gestão de investimentos e análise financeira. 

Para que um  analista obtenha a CFA ele deve passar em três exames, considerados entre os mais difíceis de todas as grandes certificações financeiras reconhecidas no mundo. 

Atualmente, existem aproximadamente 170 mil analistas no mundo com o certificado CFA em mãos.

E como surgiu a CFA?

Foi criada em 1963 com o objetivo de elevar os padrões da gestão de investimentos e levar reconhecimento a grandes analistas, que com essa certificação, conquistariam a confiança de seus clientes passando maior credibilidade em seu trabalho. 

O processo de aprovação que envolve esse título coloca a teoria e a prática lado a lado e define padrões profissionais e éticos com uma base de análise mais avançada sobre o mundo dos investimentos. 

Quais as vantagens dessa certificação?

A certificação do CFA oferece aos analistas os pontos principais de uma contratação dentro do mercado financeiro e entre eles estão: garantia ética, afirmação de domínio, oportunidades dentro do mercado, confiança e credibilidade do cliente. 

Além disso, toda a certificação do CFA traz um reconhecimento internacional ao profissional, pois ela possibilita que o mesmo exerça sua função no exterior, fazendo com que ele tenha um reconhecimento internacional e se destaque em relação aos outros profissionais da área. 

Requisitos para ter o CFA

Não é tão simples conseguir o certificado do CFA, o processo exige 3 etapas e para prestar essa prova é necessário que o candidato tenha alguns pré-requisitos, são eles:

  • Ter diploma e experiência profissional;
  • Ter passaporte internacional;
  • Interpretar e escrever em inglês;
  • Ter possibilidade de arcar com os custos do programa CFA –  Segundo o site do Instituto CFA, a taxa do exame paga, por prova, é:
    • Com 3 meses de antecedência: US$ 1.380.
    • Com 4 meses de antecedência: US$ 950;
    • Com 8 meses de antecedência: US$ 650.

Em adicional ao custo do exame, há uma taxa de inscrição de US$ 450 que é cobrada pelo Instituto CFA apenas uma vez, quando você se registra para o primeiro exame, e uma taxa anual de US$ 350.

Onde posso trabalhar depois de conseguir o certificado do CFA?

O profissional com CFA além de realizar atividades como:

Gestão de portfólio, Análise de investimentos, Pesquisa quantitativa e Consultoria financeira ele pode atuar em: Empresas de seguros, Firmas de private equity, Empresas de investimentos e research, Instituições bancárias nacionais e internacionais.

 

 

 

Artigos relacionados