Como Guardar Dinheiro Ganhando Pouco: Aprenda Agora

Precisa guardar dinheiro mas seu salário é muito pequeno? Confira em nosso artigo Dicas de Como Guardar Dinheiro Ganhando Pouco.

Possuir uma reserva financeira é fundamental para toda e qualquer pessoa, afinal, nunca sabemos quando teremos aquele chato imprevisto, certo?

Todavia, entretanto, embora…

… poupar dinheiro ganhando um salário muito baixo pode parecer uma missão impossível aos olhos de muitas pessoas. Não é mesmo?

E não é nada fácil.

Mas é perfeitamente possível.

A nossa reserva financeira servirá para realizar diversos sonhos: viagens, educação de filhos, compra de um automóvel, imóvel, etc.

Para te ajudar nisso, reunimos dicas essenciais você aprender a Como Guardar Dinheiro Ganhando Pouco.

Dica 01: Encare o hábito como um desafio

Para conseguir guardar dinheiro, trate o objetivo como um desafio.

O hábito de guardar pode tornar-se mais fácil se você tiver uma grande meta.

Por exemplo, a realização de um intercâmbio profissional ou a entrada para um apartamento.

A primeira atitude, neste sentido, é parar de acreditar no cartão de crédito e no cheque especial como uma extensão da sua renda.

O dinheiro fácil que o banco te oferece é, na verdade, aquilo que você deixa de economizar para os seus objetivos.

Dica 02: Utilize o cartão de crédito com moderação

O cartão de crédito, por sua facilidade e comodidade, acaba sendo uma arma para pessoas que não possuem hábitos financeiros saudáveis.

Trata-se de uma excelente opção, mas deve ser usada com moderação e em benefício próprio.

Pague sempre o total da fatura e utilize-o de forma condizente com sua capacidade de pagamento.

Dica 03: Analise e corte os gastos desnecessários

O controle e corte dos gastos é uma atividade não tão prazerosa, mas quando realizada com disciplina ela permite que você ganhe um novo aliado que trabalha dia e noite por você: o seu dinheiro.

Explico: tendo receitas superiores às despesas, o passo seguinte é investir a sobra mensal.Como Guardar Dinheiro Ganhando Pouco

Quanto mais você conseguir economizar e investir, mais rápido você conseguirá atingir suas metas.

E qual a grande mágica dos investimentos?

Fazer o dinheiro trabalhar para você, e não contra você. Pense que o dinheiro deve ser sempre a solução, jamais o problema.

Uma dica importante é tentar envolver toda a família na missão, afinal não adianta tentar concentrar as decisões nas pessoas remuneradas da casa, já que todas gastam em seu dia a dia.

O esforço para um futuro mais próspero e tranquilo deve partir de todos.

As formas de cortar gastos e reduzir as despesas são muito particulares, afinal, algo que é extremamente importante para mim pode não ser importante para você, e vice-versa.

Alguns itens que merecem destaque nesta avaliação são: reduzir as compras por impulso, revisar os serviços pagos que não são devidamente utilizados, rever hábitos cotidianos desnecessários, rever faturas de cartão de crédito/telefone fixo e celular, rever contas de energia e água, etc.

Dica 04: O dinheiro que os olhos não veem, não pode ser gasto. 

A ideia é enganar você mesma.

Comece calculando os seus gastos essenciais e dívidas para o mês seguinte e separe um valor para arcar com estas despesas.

Depois, tire o que sobrar da sua conta mais ativa e transfira para um investimento.

Isso ajuda principalmente quem não consegue diminuir os gastos com supérfluos.

Uma dica importante é seguir a filosofia do “Pague-se primeiro”, abordada no livro Pai Rico Pai Pobre (Robert Kiyosaki).

Esta filosofia consiste em reservar o valor para os seus investimentos antes de utilizá-lo para o consumo.

Trate os seus investimentos como uma conta fixa e pague ela antes de comprar qualquer coisa.

Pague sua luz, seu aluguel, sua água e… seus investimentos.

Desta forma você não correrá o risco de passar o mês inteiro e não reservar parte do seu capital para seus investimentos.

A melhor forma de juntar um bom patrimônio é fazer isso no começo do mês.

Não espere o mês acabar para ver o que sobrou na conta – isso é uma receita para nunca sobrar nada.

Dica 05: Deixe de lado a ideia de que é preciso ganhar mais para economizar algo.

A habilidade de controlar suas finanças e economizar é definida por sua disciplina em separar parte de sua renda mensal, não pelo valor de seu contracheque.

Uma pessoa que não possui o hábito de controlar suas finanças arrumará, a cada real recebido de aumento, um novo gasto ou prestação para utilizar tal recurso.

É normal que no início de nossas vidas financeiras não tenhamos disponibilidade para guardar grandes quantias mensalmente, sendo mais importante a criação e manutenção do hábito de investir.

Pense que quanto mais cedo você começar a rentabilizar o seu dinheiro, mais tempo terá para que os juros compostos façam sua mágica.

Dica 06: Encontre fontes de renda alternativas:

Tente ao máximo aumentar a sua renda mensal.

Utilize seus dons e habilidades para conseguir ganhar um dinheiro extra .

Você tem algum dom?

Já pensou em dar aulas e cursos?

Se, por exemplo, você manda bem em carpintaria.

Por que não dar aulas particulares ou montar um curso online sobre isso?

Outra alternativa é pegar alguma forma de serviço on demand, como Uber, Easy Taxi, 99 Taxi, Cabify e afins.

Você pode fazer isso nas horas vagas ou somente aos finais de semana, se preferir.

Dica 07: Pechinche!

Sempre que você for comprar algum item à vista, principalmente se tratando de roupas, sapatos e eletrônicos, pergunte “tem desconto a vista?”.

Se não tiver, pague parcelado.

Geralmente as lojas costumam dar pelo menos 10% em desconto para itens comprados à vista, no dinheiro.

Provavelmente você não ganharia este valor em qualquer aplicação financeira que depositasse. 🙂

Portanto, não tenha medo nem vergonha de pechinchar.

Seu bolso ficará muito feliz.

Artigos relacionados