Lego uma história de inovação, resiliência e persistência

O brinquedo Lego fez parte da infância de muitas crianças ao redor do mundo, mas poucos sabem sobre a história da empresa. 

A Lego superou desafios com muita persistência e se transformou em uma das maiores empresas de brinquedos do mundo.

Quer saber mais sobre a história do Lego, leia este artigo, nele você irá encontrar:

  • História da Lego
  • Quando a Lego surgiu? Quem criou a Lego?
  • A origem do nome da criação da marca
  • Dificuldade, Inovação e Sucesso nos brinquedos Lego
  • Lego no Brasil
  • Investir em Lego?
  • .Curiosidades sobre a Lego
  • História da Lego

Quando a Lego surgiu? Quem criou a Lego?

A Empresa Internacional Lego, iniciou na Dinamarca em 1932, com Ole Kirk Christiansen, que era um pequeno comerciante proprietário de uma empresa de madeira, que produzia itens domésticos como tábuas de passar roupas e escadas.

Porém, devido à crise econômica global da época, os negócios estavam de mal a pior, por esse motivo o comerciante precisou pensar numa forma de inovar e transformar seu negócio para sobreviver.

Após algumas observações e pesquisas, notou que existia um determinado negócio que parecia ser imune aquela crise, que era o setor de brinquedos.

Kirk teve a brilhante ideia de produzir brinquedos totalmente de madeira, e assim criou uma nova linha de produtos, seu filho Godtfred Kirk Christiansen que tinha apenas doze anos de idade era seu assistente no comércio.

Foto: Segredos do mundo (2022)

Origem do nome e a criação da marca

A nova linha de produção precisava de um nome, que surgiu da junção de duas palavras dinamarquesas LEG e GODT, que significam brincar bem, unindo a primeira sílaba de ambas surgiu a palavra LEGO, que por coincidência no latim significa “Eu coloco Junto”.

A empresa produzia diferentes tipos de brinquedos e contava com sete funcionários. Passados quatro anos, já se fabricava na Lego quarenta e dois tipos de brinquedos sem contar com os itens domésticos que a empresa já produzia inicialmente.

Foto: Segredos do mundo (2022)

Dificuldade, Inovação e Sucesso nos brinquedos Lego

Kirk estava feliz com o aparente sucesso da empresa, porém em 1940 uma nova dificuldade apareceu, a fábrica e o estoque pegaram fogo, causando um enorme prejuízo para o comerciante, o que gerou uma nova remodelação na produção da empresa, ele não poderia mais produzir tantos itens, agora era necessário fabricar somente o que gerava maior vendas e lucro, que eram os brinquedos Lego.

A empresa passou a produzir exclusivamente brinquedos de madeira, e acreditem, o resultado foi o sucesso novamente.

Já em 1947, Ole e Godtfred, receberam a visita de um representante de uma fábrica do Reino Unido, que mostrou a eles um brinquedo da empresa KIDDICRAFT, o mesmo tinha sido desenvolvido por um psicólogo e consistia em blocos de plástico que se acoplavam um ao outro dando forma de construções.

Os comerciantes gostaram da ideia e passaram a investir amplamente na fabricação do novo brinquedo, uma ideia inovadora e que permitia possibilidades de construção, e para tanto, a madeira precisava ser substituída por plástico.

Dois anos depois, já havia uma ampla diversidade do novo brinquedo, “ os blocos montáveis” ; alguns brinquedos de madeira que eram sucesso na época continuaram a ser fabricados.

Brinquedos de madeira e primeiro bloco de plástico Lego. Foto: Origem das coisas ( 2022 )

Dez anos depois, Kirk falece e deixa o negócio à gestão do filho Godtfred, que insistiu na ideia dos blocos montáveis de plástico, aprimorando a fabricação, agora as conexões entre as peças eram mais forte, não se desmontando com facilidade, mantendo a forma, a construção, precisando de um impacto ou uma força maior para se desmontar, e mais uma vez o êxito foi alcançado.

Em 1960, outro grande obstáculo aparecia, os brinquedos de madeira pegaram fogo, ocasionando um grande prejuízo para a empresa, que agora passava a se dedicar exclusivamente aos brinquedos de plástico.

Neste mesmo período, os primeiros passos para importação dos produtos Legos começavam a serem dados, em 1962 a Lego já exportava para os EUA, e mais uma vez, houve triunfo, as exportações possibilitaram um maior crescimento e desenvolvimento para a empresa.

Os produtos continuaram recebendo melhorias constantes, e a cada dia estavam mais inovadores com manuais de montagens, diversificação da linha de produção, mudança na matéria prima do produto se tornando brinquedos cada vez mais duráveis ganhando assim crianças do mundo todo.

No ano de 1968, o primeiro parque temático da Lego foi aberto, num terreno de 59 hectares na Dinamarca, recebendo somente no primeiro ano seiscentos e vinte e cinco mil pessoas, além do parque, outras inovações surgiram, como eventos e exposições.

Foram construídas algumas torres com os blocos lego chegando a 30 metros de altura, que inclusive foram direcionadas ao Guinness Book- Livro dos recordes. E assim, a Lego se tornou uma das maiores fábricas de brinquedos do mundo.

Com isso, as falsificações e imitações com preços bem menores surgiam e ganhavam espaço no mercado a cada dia mais, além disso, videogames, filmes e animações, estavam roubando grande parte da clientela Lego, isso aconteceu por volta da década de 1990, então, a empresa precisava de reinvenção, suas peças de montar, estavam sofrendo com um mercado em revolução, agora a empresa que tinha seus blocos em um mundo físico e limitado, concorria com players, mundos virtuais e tecnológicos, e ainda, os custos de produção, eram cada vez maiores na Dinamarca.

Em 2003, a empresa decidiu adotar uma gestão profissional, e Jorgen Vig Knudstorp começou uma revolução. Começando por deixar de fabricar na Dinamarca para reduzir custos, investindo na produção em países com mão de obra mais barata.

A Lego inovou, deixando de ser um brinquedo somente do mundo físico, iniciando sua trajetória digital, com games, animações, filmes, robótica, plataformas de streaming, parcerias com marcas e franquias famosas como Batman, Star Wars, Indiana Jones, entre outros.

Agora atendia ambos os públicos, as crianças que preferiam o físico e as que optam pelo digital, e ainda, passou a alcançar adolescentes e adultos.

Com todo esse sucesso a Lego inaugurou, mais parques e até Resorts, sendo um sucesso na área de diversão e entretenimento, saindo de uma crise de 300 milhões de dólares em 2003 para um lucro em apenas três anos.

Hoje estando presente em mais de 140 países com aumento de receita em 43% no primeiro semestre de 2021, em comparação ao mesmo período do ano anterior, para o recorde 23 bilhões de coroas dinamarquesas (US$ 3,6 bilhões), e seu lucro, 140%, para 6,3 bilhões de coroas, sendo considerada a maior produtora mundial de brinquedos.

Devido a todo esse sucesso, a empresa pronunciou que no segundo semestre de 2022 os preços dos bloquinhos vão aumentar e seguir de acordo com o acréscimo dos custos que o mercado exige.

Foto: Segredos do mundo (2022)

Lego no Brasil

Em 1986 inaugurou a Lego no Brasil, em Manaus a fábrica e o escritório em São Paulo, porém, foi fechada em 1998, e assim os brinquedos Lego voltam a ser importados.

Em 2000 a Lego passou a ser distribuída pelos Brinquedos Estrela. Em 2004, a  LEGO Group resolveu substituir o distribuidor no Brasil, que agora passa a ser o Grupo M.Cassab, a empresa passa com êxito por essa reestruturação, conseguindo alcançar expansão no país.

Em 2014, a LEGO Group retornou ao solo brasileiro, inaugurando um escritório em São Paulo. AM Cassab continua sendo parceira do grupo, como distribuidora oficial de LEGO no Brasil e detentor das lojas da marca e do e-commerce oficial do país.

Investir em Lego?

Falando em investimentos, os brinquedos da marca Lego têm valorizado significativamente ao longo dos anos, mais do que muitos ativos do mercado financeiro, obras de arte, ou artigos colecionáveis.

Colecionadores que investem em brinquedos Lego têm alcançado maior rentabilidade do que ouro, ações ou dólar, de acordo com estudo da Universidade de Moscou, HSE University. Conforme o artigo de uma das pesquisadoras do estudo, Victoria Dobrynskaya, as peças que deixaram de ser produzidas possibilitam uma rentabilidade anual média de 11%.

Segundo pesquisadores, isso acontece devido à “Lei da Oferta e da demanda”, lembrando que: a oferta é a quantia de determinado produto ou serviço disponível para compra, enquanto demanda é a quantia de produtos ou serviços que os consumidores estão dispostos a adquirir.

Com esse pensamento, eles explicam que os brinquedos Lego têm uma diminuição na oferta ao longo do tempo, ganhando assim um grande valor colecionável, voltando ao mercado com um preço maior.

De acordo com essa pesquisa Russa, onde 2.322 peças de Lego foram analisadas, entre 1987 e 2015, a rentabilidade anual desses brinquedos correspondeu a uma média de 11 %, ficando acima de outros objetos colecionáveis como selos, cartões e vinhos.

Os preços de revenda saíram de -50% até mais de 600% durante o ano.

Foto: Lego (2022)

 

Curiosidades sobre a Lego

Anualmente mais de 36 bilhões de peças de Lego são fabricadas, o que equivale a 68.000 peças por minuto ou 1.140 por segundo.
Supõe-se que cada habitante do mundo seja dono de 86 peças de Lego.
A coleção Lego conta com mais de 4.200 peças distintas, produzidas com 58 cores diferentes.
O Lego Art World Map, um mapa-múndi feito com 11 695 peças, é o maior conjunto de peças da Lego.
A maior loja de Lego do mundo fica em Londres! Situada na Leicester Square exatamente em frente à maior loja de doces do mundo, a loja dos M&Ms de Londres.
A ‘Torre Omer’, nomeada por causa de Omer Sayag, tem 36 metros de altura e foi feita com mais de 500 mil tijolos de plástico, e é, considerada a maior Torre de Lego construída.
A Empresa Lego, dona de 65 % do setor de brinquedos, é a maior do setor global, passando a Rival Mattel, tanto em vendas quanto em lucro.
A Lego tirou o posto da Ferrari como a marca mais poderosa do mundo em 2015, de acordo com a Consultoria Brand Finance.
Policiais americanos descobriram a um tempo atrás dois esconderijos de peças Lego roubadas de lojas de brinquedos, avaliadas em US$ 300 milhões.
Dezoito em cada um milhão de peças não atingem o padrão de qualidade exigido pela Lego. A margem de tolerância para as peças é de 2 milésimos de milímetros.

 

A empresa Lego mostra uma bonita história de INOVAÇÃO, RESILIÊNCIA, SUPERAÇÃO E PERSISTÊNCIA, durante todo seu trajeto, e nos mostra que persistir em nossos projetos e sonhos é sempre o melhor caminho para o sucesso.

Na parede da primeira fábrica Lego foi pintada a frase: “Only The Best is Good Enough” (“Só o melhor é bom o suficiente”, em português), utilizada até os dias de hoje para definir a filosofia da empresa, demonstrando mais uma vez que quando oferecemos nosso melhor ao mundo recebemos dele o mesmo.

 

Artigos relacionados

plugins premium WordPress