Morning Call: ações asiáticas encerram em alta, futuros em Wall Street operam estáveis após importante fala de Powell

As ações asiáticas encerraram a quinta-feira em alta, com os futuros em Wall Street muito próximos da estabilidade, depois que a China pareceu suavizar sua postura contra a Covid-19 e o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, sinalizou uma desaceleração no ritmo de alta das taxas de juros na próxima reunião da entidade (14.12)

O dólar cai em relação às suas contrapartes do G10, com o iene acelerando para a máxima em três meses. Os rendimentos da dívida americana se estabilizaram após grandes quedas que sucederam os comentários de Powell.

Um indicador de ações asiáticas avançou ainda mais após seu melhor mês em 24 anos. O S&P 500 fechou em alta nesta quarta-feira, encerrando o segundo mês consecutivo em alta, no nível mais alto desde meados de setembro, liderado especialmente por ações ligadas ao setor de tecnologia.

Na China, o vice-primeiro-ministro Sun Chunlan disse que os esforços do país para combater o vírus estão entrando em uma nova fase com o enfraquecimento da variante Omicron e mais chineses sendo vacinados. Pequim também indicou que alguns pacientes da Covid podem se isolar em casa.

De volta aos EUA, os comentários de Powell confirmaram as expectativas de que o Federal Reserve aumentará as taxas de juros em 50 pontos-base este mês, afastando-se de uma série de quatro aumentos de 75 pontos-base. As novas apostas do mercado apontam agora para um pico abaixo de 5% em maio de 2023.

Os investidores também analisaram vários relatórios econômicos, com os principais indicadores da atividade dos EUA apontando para um quadro misto no terceiro trimestre. As vagas de emprego caíram em outubro – um sinal de esperança para o Fed, que busca conter a demanda.

Os números precedem o relatório de empregos desta sexta-feira, que deve mostrar que os empregadores adicionaram 200.000 trabalhadores às folhas de pagamento em novembro. Os economistas esperam que a taxa de desemprego se mantenha em 3,7% e que os ganhos médios por hora sejam moderados.

Entre as commodities, o petróleo opera em leve queda (após três dias de ganhos) com os desenvolvimentos da Covid na China e dados mostrando uma queda acentuada nos estoques de barris dos EUA.

Por aqui, o presidente Jair Bolsonaro determinou a suspensão do pagamento das emendas do chamado “orçamento secreto” após seus aliados (ou ex aliados) no Congresso fecharem alianças com o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva.

A ordem no Palácio do Planalto é não pagar mais nada neste ano. Na prática, a medida deixa o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), sem capacidade de honrar os acordos feitos para bancar sua reeleição ao comando da Casa. Além disso, empurra para o governo eleito o ônus de manter o esquema de apoio em troca das emendas, sob o risco de começar com o pé esquerdo (literalmente) sua relação com o Legislativo.

Bolsonaro assinou duas medidas nesta quarta-feira: a primeira, uma proposta ao Congresso para secar a fonte do orçamento secreto, remanejando verbas para outras áreas. A segunda, um decreto autorizando a equipe do governo a fazer os cancelamentos em uma área e acrescentar em outra.

Cabe lembrar que o projeto de lei para tirar os recursos do orçamento secreto e pôr a verba em despesas obrigatórias, entre elas o pagamento do salário de servidores públicos, depende de aprovação do Congresso.

“Se eles trocarem para despesa primária (obrigatória), encerrou, acabou. Aí não tem mais o que discutir, aí não tem nem o que gastar e a expectativa vai toda embora”, afirmou ao Estadão o relator-geral do Orçamento de 2022, deputado Hugo Leal (PSD-RJ), para quem o Congresso deve engavetar a proposta. “Não tem fundamento nenhum, não sei com quem eles combinaram isso. É completamente estapafúrdio.”

Artigos relacionados

plugins premium WordPress