Quer investir em empresas no exterior? Saiba sobre BDRS

Muitos brasileiros têm a vontade de investir no exterior, mas não sabem como ou acham que o custo seria muito alto para o seu bolso. Mas estamos aqui para lhe explicar tudo sobre os BDRS, conhecido como Brazilian Depositary Receipts, um produto que dá acesso a negociações de empresas estrangeiras, por meio da própria bolsa brasileira.

MAS AFINAL O QUE SÃO BDRS?

Brazilian Depositary Receipts ou Certificados de Valores Mobiliários, são ativos negociados pela Bolsa Brasileira emitidos por companhias abertas com sede no exterior. Assim, você consegue investir nas maiores empresas do mundo, sem abrir uma conta ou pagar imposto no exterior.

Isso acontece, graças à mudança de regras feita pela Comissão de Valores Mobiliários, CVM,  que desde setembro de 2020, liberou a qualquer investidor brasileiro o direito de negociar esse produto, por qualquer valor de investimento inicial. Anteriormente, apenas investidores qualificados, com mais de 1 milhão de aplicações possuíam acesso. É uma excelente alternativa de investimento internacional para pulverizar a carteira de um investidor, respeitando sempre seu perfil.

Esse processo se dá por meio de certificados que são garantidos por  instituições financeiras, conhecidas como custodiantes, as quais são responsáveis por fazerem a guarda dos títulos representativos em papéis do investidor

Existem dois tipos de BDRS, os Patrocinados que se dividem entre Níveis I, II e II os Não Patrocinados .Eles são negociados dependendo da forma que foram trazidos para negociação no mercado brasileiro.

Tipos de BRDRS:

Patrocinados

Quando a empresa tem interesse em ter presença no mercado e nos investidores do país. Sendo assim, ela contrata uma única instituição depositária para se responsabilizar pela venda.

Esse BDRS se subdivide em 3 níveis, saiba mais:

Nível I: essa BDR Patrocinada de Nível l, não precisa ser registrada na CVM para serem negociadas. A sua operação só poderá ocorrer se for realizada em balcão não organizado ou em outros ambientes e segmentos criados para essa função.

Outra característica importante desse nível é que se forem distribuídas com oferta pública, ela precisa ser de “esforços restritos”. Além disso, têm ainda uma limitação a de 50 investidores no máximo.

Nível ll e lll: são bastante parecidos. Em ambos os casos, é necessário realizar o registro junto à CVM. Também, podem ser negociadas no pregão da bolsa ou em balcão organizado, sem a exigência de criar um segmento exclusivo para sua operação.

Para assegurar a transparência, as companhias emissoras têm de seguir as mesmas regras estabelecidas para as empresas Categoria A.

Existe uma diferença entre esses dois subtipos, para ofertas públicas. As BDRS Patrocinadas de Nível ll, podem ser alvo de ofertas públicas com esforços restritos, já a de Nível lll, as ofertas públicas podem ser amplas, desde que haja registro na CVM.

Não Patrocinados:

São quando a iniciativa de lançar ativos não parte da companhia emissora, mas sim, da instituição depositária.

O objetivo é oferecer mais possibilidades e opções de investimentos aos seus clientes. Com isso, é da depositária a responsabilidade de divulgar informações da empresa emissora, relatórios, balanços e o que mais for relevante.

Uma das vantagens em investir em BDRS é que ele de maneira relativamente mais fácil, abre o caminho para o investidor ter acesso a ativos no exterior. Outro ponto, é que apesar de ser um investimento com o lastro fora do país, a negociação é feita em moeda local, pensando no Brasil o processo é feito em real, sendo assim, você elimina burocracias e taxas.

É claro que existem riscos, como em qualquer outra modalidade, pois aplicações desse tipo estão atreladas a ações e a característica do mercado é a volatilidade . Os preços variam de acordo com a oscilação do mercado global e o local da sede da empresa. Antes de investir estude e encontre uma corretora de confiança e escolha seu BDR.

Amigo leitor, conte sempre conosco para fazer os melhores investimentos. Abra sua conta sem pagar nada e veja como é simples e fácil começar a investir.

As informações contidas neste artigo e vídeo não são recomendações de compra.

 

Artigos relacionados