Ibovespa fecha novembro com a menor volatilidade desde 2014.

O Ibovespa tem a segunda maior volatilidade entre bolsas latinas. Curiosidade: o IFIX (índice de Fundos Imobiliários) é menos volátil e o papel ELET3 é a mais volátil no Ibovespa.
Veja a evolução do índice de volatilidade do Ibov desde o inicio de 2014 até 30 de novembro de 2017, no gráfico abaixo. O maior nível no período foi registrado no dia 18 de julho de 2016.

Índices Internacionais

O índice de volatilidade do Ibovespa é o segundo mais alto entre nove índices analisados na América Latina e USA. O Merval da Argentina tem a maior volatilidade com 20,55 no mês de novembro de 2017.
Dos nove índices somente o IPSA do Chile registra aumento de volatilidade nos últimos 12 meses, já o Merval é o índice com maior recuo nos 12 meses com queda de -10,56 de volatilidade.
O Dow Jones Index tem o menor nível de volatilidade com 6,77 seguido pelo Nasdaq com 6.86 de volatilidade.

Ações do Ibovespa

As mais voláteis

A ação da Eletrobrás ON (ELET3) é a mais volátil entre as 59 ações da carteira teórica do Ibovespa, com 66,32 de volatilidade. O papel registra elevação de 12,98 pontos de volatilidade com relação a novembro de 2016.
Das 20 ações mais voláteis, os segmentos da Bovespa com maior número de representantes são os de energia elétrica e siderurgia com quatro ações cada.

Curso de Introdução à Bolsa de Valores
Curso Online

As menos voláteis

A ação da Ambev ON (ABEV3) é a ação menos volátil com 17,94 no final de novembro de 2017. O papel registra queda de 3,23 pontos de volatilidade com relação a 30 de novembro de 2016.
Todas as ações da lista abaixo registram queda de volatilidade nos últimos 12 meses. A ação da BB Seguridade é a que tem a maior queda de volatilidade, em novembro de 2016 o papel registrou 41,75 contra 26,94 pontos de volatilidade em novembro de 2017, queda de 14,81 pontos.
O setor de energia elétrica tem o maior número de ações na lista das menos voláteis com cinco ações. O setor de bancos com quatro ações é o segundo mais numeroso da lista. Veja:

Fonte: Economatica.

LEIA TAMBÉM

→ O que esperar em 2018? (e como se preparar par o que pode vir) →

→ Ibovespa tá caro ou barato, depois de subir 20%+ em 2017 →

→ A importância da saúde física e mental em nossas operações →

→ Cai dívida das empresas de capital aberto no 3º trim. de 2017 →

→ Como comprar e vender soja na Bolsa de Mercadorias e Futuros →

 

Artigos relacionados