Soja opera com leves baixas em Chicago nesta 6ª feira e ainda sente colheita nos EUA e plantio no Brasil.

Pregão desta sexta-feira (29): as cotações da soja voltam a recuar na Bolsa de Chicago. Os vencimentos mais negociados perdiam, por volta de 9h (horário de Brasília), entre 2,50 e 3,25 pontos, com o novembro/17 valendo US$ 9,56 e o maio/18, US$ 9,85 por bushel.
O mercado internacional segue pressionado pelos fundamentos de avanço da colheita nos Estados Unidos e do plantio no Brasil, dadas as melhores condições de clima nas principais regiões produtoras por aqui.
Além disso, nesta sexta-feira, especificamente, o mercado ainda espera pelos novos números dos estoques trimestrais que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). A média esperada pelos traders é de 9,23 milhões de toneladas.



Paralelamente, há ainda a movimentação técnica de final de mês, com os fundos investidores ajustando suas carteiras e posições para dar início a outubro. Ao mesmo tempo, os traders seguem também acompanhando a movimentação do dólar, uma vez que alta recente também foi um fator que limitou o desempenho dos preços no mercado futuro norte-americano.

LEIA TAMBÉM

Brasil Pode Puxar a Recuperação das Commodities, diz direto do Banco Mundial →

Margem de Garantia: o grande diferencial do Mercado Futuro →

Como comprar e vender SOJA na bolas →

Deral eleva previsão de área plantada de soja em 2017/18 e reduz a de milho verão →

USDA: Estoques trimestrais de soja e milho dos EUA ficam abaixo do esperado →

Artigos relacionados